O encanto efêmero da matéria, incide prontamente como um lamento que cai e seca.
Rui ao inútil, sem essência.
Eu aspiro o cerne da alma.
Olhando nos olhos posso ver a aflição, e também o encanto dos sentimentos.
Adentre no medo que você observa.
Experimente que palavras de dor também são confortantes e te fazem ver que
existem flores belíssimas e perfumadas no caminho.
Flores que só duram o tempo necessário para se lembrar, no entanto aparentemente feias as pedras persistem por anos.
E as alvitres dispersos ao meu coração
Se prendem às novas aflições e às outras que ainda hão de vir.
Quem sabe eu possa transpor por cima dos meus próprios desejos.
Com um anseio de domar os meus demônios, e não esconder mais nada.
E enfrentar os meus piores temores, na solidão de quem nunca existiu e amou.



- Postado por: †Anjo Gótico† às 08h53
[ ] [ envie esta mensagem ]





Triste

 

Depois de tentar viver

e morrer novamente em minhas ilusões

sinto que tudo que me tornava forte

era os meus próprios pensamentos.

A felicidade é realmente um fardo que todos querem carregar.

Eu desisti de muitas coisas, me ofereci por inteiro.

Sem medo, sem receio,

E sempre me vejo sozinho.

Até as lagrimas me foram arrancadas,

junto com meus desejos.

Quando olho as pessoas ainda vejo

dor em seus olhos, e talvez a única

palavra que poderia te ajudar de alguma forma

já foi dita em vão.


 



- Postado por: †Anjo Gótico† às 10h09
[ ] [ envie esta mensagem ]





MENE, MENE, TEQUEL, PARSIM



- Postado por: †Anjo Gótico† às 14h47
[ ] [ envie esta mensagem ]





O Itinerário da Escuridão

Adormecido em minha comiseração
Envolto pelo meu desencanto
Vejo as almas ainda perdidas,
sozinhas, esvaindo-se de aleive.
Desperto de minha agonia,
Venho despido de altivez e falsidade
As horas se vão e os dias se passam,
atravessam a realidade e caem
Quimeras vivem.
Percorrem os caminhos denso de dor
Sustentam-se de aparências
Olvidam a essência do orbe
Regressem, ou sorvam o cálice amargo da dor.
É como esperar a nudez
de um amanhecer cinzento
na esfinge de emoção sobre meu sepulcro
não basta abrir o coração
não é bastante não ver!
Para contemplar os jardins frios e tristes.
É preciso também não ter amor nenhum.
Sem amor não há sentimentos: há idéias apenas.
Há só uma porta fechada, e todo o mundo lá fora;
e um sonho do que se poderia ver se a porta se abrisse,
mas que nunca é o que se espera quando se abre a porta.
Sinto-me morrer...
Somos produto de um erro;
Há tanta vida, dor e mentiras lá fora.
Transes da morte por fim nos esperam
Já não sabemos se a contraímos ou se ela a nós.



- Postado por: †Anjo Gótico† às 18h21
[ ] [ envie esta mensagem ]





Vejo refletido nas chamas meus
Planos perdidos dentro das
Minhas imperfeições, queimando todos
Os meus sonhos.
Medos, desejos e
a ausência de sentimentos
torna-me cada vez mais vazio...
Não posso seguir em frente,
é impossível recomeçar.
Meu caminho e pavimentado com minhas
promessas.
Existe um imenso abismo entre o sonho
e a realidade, mas isso não me importa.
eu sei voar.
Estarei perto de você
vou estar me alimentando dos seus pensamentos
E adormecer ouvindo as batidas do seu
coração.
A tristeza me faz companhia na solidão
Mas eu sei que volta sempre o sol.
Sinto que de tanto te querer
minha alma não me pertence.
Vou ficar sozinho até o sempre.



- Postado por: †Anjo Gótico† às 09h17
[ ] [ envie esta mensagem ]





Fico preso no silencio
de uma noite fria, admirando
A lua passear pelo céu.
Pensando nos meus desejos.
todos iguais.
Tenho medo.
As lagrimas caem do eu roso,
e meu leito
encharca-se do meu pranto.
Meus olhos tristes
Não podem mais ver os seus.
Não se passaram nem
Um dia em que eu
Não me lembrasse
Da sua doce voz me
Chamando...
Sua voz me acalma,
Faz-me sentir vivo.
Deixe-me ver seu espírito
Deixe-me tocar sua alma
Com um toque singelo e frio como a morte.
Não precisa Compadecer-se.
Sou apenas uma alma
Condenada a vagar
Sozinha por toda a
Eternidade.
A sua presença já e o bastante.
E pelo simples fato
De ouvir sua respiração já é um consolo.
Seu amor me ajuda a caminhar, me ensina para.
Não errar.
O calor dos meus sentimentos
Ainda me mantém acordado.
Vou me alimentado dos desejos da minha alma.



- Postado por: †Anjo Gótico† às 13h17
[ ] [ envie esta mensagem ]





Ficarei aqui sozinho
sorvendo o meu cálice de
auto piedade, fico olhando
A luz do dia tentando
me alcançar,na esperança de que
vou me salvar.
As lagrimas que caíram
dos meus olhos me
fizeram ver melhor
que algumas
coisas são somente vaidade.
Estou numa sala vazia
e ouço os meus pensamentos
Ainda estou suportando
Toda mentira que esse mundo
Vomita contra mim.
Vou me manter puro
Apesar de todos os
Sentimentos bons que havia
Em mim se corromperem.



- Postado por: †Anjo Gótico† às 12h56
[ ] [ envie esta mensagem ]





Essa Tristeza que aflige meu coração
Consome todos os meus sentimentos.
Todas as milhares de almas perdidas
Misturadas às ilusões deste mundo
Todos os versos mortos,
E os pensamentos quebrados.
Deleito-me nos sonhos.
E ouço o seu clamo
Sozinho sem amor.
E a Morte vem me chamar,
Recomponho-me das cinzas espalhadas,
E de todo o meu encanto,
E das noites frias em meu
Castelo Negro.
Minhas suplicas não são ouvidas.
Ninguém entende.
E nas minhas palavras expresso
Toda a minha cólera.
Entendes a minha dor?
Entendes porque não quero ser dono
Do meu próprio domínio.
Calo-me, peço silencio a todos os gritos.
Ainda espero as suas palavras entre os espinhos
De consternação cravados na alma.



- Postado por: †Anjo Gótico† às 15h33
[ ] [ envie esta mensagem ]





Escrevo os meus próprios versos

Poesias mortas pelo tempo, que.

Consome minha alma, triste e

Obcecada pela felicidade

Faço minhas próprias musicas

Solenes e mórbidas

Que falam de amor e morte

Já se finda uma vida

Meus sonhos estão todos mortos e

Enterrados com a esperança

Meus sonhos nunca foram reais

Mas não desista agora

Eu posso te ajudar

Posso ver através de seus olhos

Sinto os seus pensamentos

Choro nas noites frias, mas o

Seu sorriso vem com o sol

Não há mais um brilho nos olhos

Não ha. mais vontade

Todas as rosas sangraram

Os pensamentos murcham

Vou juntado os pedaços do meu

Sentimento, construindo o meu

Castelo de solidão.

Chorando e sobrevivendo.

Silencio...



- Postado por: †Anjo Gótico† às 15h09
[ ] [ envie esta mensagem ]





Sei que não sou lembrado
E que meu destino foi selado
Meu destino porque fizeste isso
Eu já paguei por meus pecados em vida
Seu julgamento não foi piedoso
Pobre anjo Triste me tornei
Esquecida em vida e resignado na morte
Resta-me apenas a lembrança dos
Amados anos de infância
Nada mais me da conforto
Serei o herege dos novos dias
Esqueccido pelo amor o qual amei.
Que julgo-me a eternidade
Unicamente imune a morte
Existência infime a que levo
Ressaltarei o sonho no qual pude ver
O sol sem brilho com toda sua
Melancolia evidente, sem poder dissipar
O ardo das trevas que profanaram o que
Restava de fé, e de santo no coração
Rompido pelo temor exacerbado a um Amor
Equivalente ao desespero que sinto ao estar
Recluso em um pesadelo sem pode me libertar

(Meu destino, Minha maldição... Sempre estou com você.)



- Postado por: †Anjo Gótico† às 09h07
[ ] [ envie esta mensagem ]





Hoje, dia e noite sao iguais
assim como a morte substitui a vida
alma e corpo em sintonia
sublime, sincera...
Todos os meus desejos
foram mortos pelas mentiras
e queimam meu espirito
me tirando o folego.
Nao sei se estou
Morrendo ou tentando encontrar
algo que possa preencher
o vazio que o amor deixou
na minha vida.
mesmo sabendo que
isso nunca sera posssivel
mas por vexes e melhor viver
na ilusao que aceitar a realidade
porque a relidade nao tem o
menor sentido pra mim
julguem-me...



- Postado por: †Anjo Gótico† às 16h10
[ ] [ envie esta mensagem ]





O que chamais de morte
é o findar da vida
E o que chamais nascer
é começar a morrer
E o que chamais viver
É morrer vivendo.
Não temo a morte:
prefiro esse fato inelutável
ao que me foi imposto
no dia do meu nascimento.
E a vida que me confiaram
sem me consultar
e que restituirei
com indiferença
na minha sepultura,
E quando eu morrer...lancem meu cadáver
Num sombrio cemitério...
Odeio o mausoléu.
Prefiro rosas vermelhas.
sou como o viajante
desse hotel funéreo.
Pois nada vale esforço, luto e choro,
serão todos julgados.
E não só muda,
mas se transforma em nada
a sempiterna de olhos de safira,
potente, alada e lúbrica mentira
pelo sonho dos homens.


 



- Postado por: †Anjo Gótico† às 07h00
[ ] [ envie esta mensagem ]





Porque chorar se
um beijo na face me
fez sentir dor.
Porque amar,
se o amargo do fel,
meus labios tocou.
Meu desejo contornando a
solidão,
Meus sonhos me traem...
e seus olhos me conduzem
por um caminho escuro espinhoso
E o amanhecer me enforcando
tirando minha vida com suas
proprias canções..
Sinto o seu toque
nas noites frias.
Porque a dor é o Pleludio da morte.
Desisto de ser um Anjo.
Desisto de viver
Nao quero mais ser feliz
Nunca quis.
e onde esta a razão agora?
Porque sofrer e ter
 a morte por sentença
Vou ser sepultado juntos
com suas palavras...



- Postado por: †Anjo Gótico† às 08h15
[ ] [ envie esta mensagem ]





Preso por minha própria vontade

Em meu mundo triste.

Minha Luxuria, que morte agora.

Pode me levar a ver, queria ser feliz.

Escravo de meus desejos...

Chove sobre meus pensamentos,

Rasgando o véu que separava

Fantasia e realidade.

Queimando minhas cartas de amor

Sobre a luz da lua.

E em Noites escuras dor e sofrimento

Perseguem-me.

Minha alma sozinha, velando seu.

Corpo.

Deitado sobre meu tumulo, minha.

Alma triste, que chora pelo meu.

Corpo, que nunca conseguiu sobre-.

Viver nesse mundo de mentiras.

Que por toda eternidade me assombrou

E tentou me derrotar

Mas minha alma é imortal,

E eu vou sobreviver

Eu sou..... imortal nas palavras!!!

Vou guardar minhas forças pro final

Quando nada restará...

 



- Postado por: †Anjo Gótico† às 11h02
[ ] [ envie esta mensagem ]





Te desejo todos os dias
Vivo procurando a eternidade.
E em um sono profundo e calmo,
ouço suas palavras ecoarem
nesse enorme abismo de
silencio e sombra
Minha força, meu desejo
minha raiva
Me julga, mas não me ouve.
Seu Veredito. Morte!
Sou um Anjo, um Servo.
Estou aqui esperando você me buscar,
Enquanto isso o tempo vai
levando em suas asas
os meus dias, minhas horas.

 



- Postado por: †Anjo Gótico† às 08h44
[ ] [ envie esta mensagem ]





Nada e tão bom como o amor
Nem tão verdadeiro como o sentimento
E eu estou aqui
Perdido nesta escuridão
Preciso de ti para encontrar o caminho.
Não me deixes afundar
Nas marés deste mundo vazio...
Tu conheces o meu mal sem nome...
Esta angústia que nos devora...
Também tu caminhaste sozinho
Procurando algo que não sabias o que era,
Mas que tinhas a certeza que estava lá,
Esperando por ti.
Encontraste-o?
Tens-lo agora nas mãos...
Completa-te?
Ou continuas sentindo
Uma parte de ti em clamor tortuoso,
Gritando por algo que te escapa?
Eu despedaçaria todos aqueles
Que te ousassem olhar de cima...
Pois nada foge de ti, Morte...
O teu olhar terno ultrapassa-me...
Leio em ti os meus sentidos,
Soltos com o teu respirar...
E nada jamais nos vai afastar...



- Postado por: †Anjo Gótico† às 10h00
[ ] [ envie esta mensagem ]





A nevoa vem sobre mim
e o sol ja se foi
a solidão com a noite vem

ja nao a motivos pra sorrir
eu nao tenho mais vontade de viver
nao quero mais chorar
estou cansado de sofrer...

Despedaçado esta meu coração
meus sonhos sao maus
e meus pensamentos frios
aquecem meu corpo
me mantendo vivo
e a cada noite desejando morrer

 

 



- Postado por: †Anjo Gótico† às 13h42
[ ] [ envie esta mensagem ]





Minha Fantasia
substitui a realidade.
Morte! nao tem razão
e nem precisa...
e o caminho que leva
a eternidade e muito curto.
ja estou morrendo e
sempre estou chorando
e o medo e tao lindo de perto
esse frio que me envolve
e suas maos quentes
esmagando meu coração
e a minha felicida poderia
ser seu sofrimento.
Nunca sou feliz.
nao posso voltar atras
pra mudar nada.
e voce pode mudar agora
e fazer um novo fim.
estou simplismente,
Morrendo!
Todos os dias sao cinzas
e as noites morbidas.
faço das suas palavras
o meu silêncio.
E dos meus sonhos, uma fantasia.
O meu mundo é triste.


 



- Postado por: †Anjo Gótico† às 11h34
[ ] [ envie esta mensagem ]





lágrimas

lágrimas cruéis
queimam minha alma
lágrimas cruéis
acompanham meus lamentos

dias e noites eu sofri
ouvindo choros, canções tristes
várias pessoas eu vi
mortas para o sol, acorrentadas na dor

as noites foram piores.
rios de lágrimas quentes
escorrendo pelas estradas das angústias
turvando o brilho da lua

então eu que assistia tudo chorei
chorei pelos homens, pela humanidade
chorei pelas crianças e meu coração sangrou
sangrou até morrer de dor, chorei...

minha alma ficou perdida,
neste mundo de horrores
minha alma morreu para o sol
está acorrentada em todas as dores



- Postado por: †Anjo Gótico† às 08h41
[ ] [ envie esta mensagem ]





Mais um dia....
Perpétua tristeza que me assola
E ja ha razão
Tento eu me encontrar minha vida
Com o tempo descobrimos que o nada
 consegue se tornar mais vazio,
vai aumentando cadenciadamente.
Minhas palavras são incoerentes,
sorrindo me julgam....e no fim me abandonam...
Queria eu estar inconsciente, ou dopado....
Queria eu me banir desse universo
 vasto de hipocrisia
Sinto minha alma enfraquecendo aos poucos
As dores aumentam
E as esperanças diminuem
O amor se torna inexistente
O ódio crescente
Eu queria apenas morrer aqui, longe de todos...
Aqui em minha escuridão soberba
Queria eu jorrar sangue
Queria eu adormecer eternamente nos braços ocultos da solidão
Eu sofro mas
Você ira assistir minha morte
E eu irei assistir tua felicidade
Sofrerei até meus últimos dias
Para sempre irei sofrer e chorar
Que a morte se aproxime mais de mim
E que me leve como um vento leva uma folha
Quero apenas flutuar pela escuridão
Num lugar distante,
 onde vejo o céu azul,
árvores sendo tocadas pelo vento,
Então eu começo a chorar e a gritar
Sinto uma forte dor me rasgando
Eu me ajoelho
Eu grito e sofro
Adormeço e morro...




- Postado por: †Anjo Gótico† às 15h34
[ ] [ envie esta mensagem ]





Não reparas-te... Ninguem reparou...
Fiquei sozinho e desesperado...
Chorei uma lágrima de sangue, que meu desespero aumentou...
Sinto-me perdido... sinto-me acabado...
E mais uma vez vejo-me sem nada...
Preciso de um pouco de amor...
Não ves que me sinto abandonado?
Meu coração sangra de tanta dor...
Sozinho no mundo...
Sem ninguem para desabafar...
Estou perdido... bem no fundo...
D'onde ninguem consegue me tirar...
Sinto-me a morrer...
Sinto falta de um carinho...
Vejo que tudo estou a perder...
Deitado no chão...
Vejo o sangue que derramei...
E como bate pouco o meu coração...
Vejo o quanto choro... e chorei...
É assim tão dificil ver...
Que preciso de ti...
E que estou a te querer...
Minhas forças estão esgotadas...
Meu coração deixa de bater...
Todas as lágrimas aqui derramadas...
E assim acabo de morrer...



- Postado por: †Anjo Gótico† às 12h13
[ ] [ envie esta mensagem ]





Anjo Mau

lágrimas cinzentas percorrem o véu negro
enquanto ela espera, incessantemente,
de braços abertos, o cair dos gélidos cristais
congelados pela ação erosiva do trauma
e conservados pelo rancor

ah, luz que rasga o anil infinito
vai de encontro à própria ruína
taca fogo nas almas lúgubres que lhe deram
a vida e a morte

faça arder o sangue azul que desconhece
fulmina o encantador pesadelo que anseia em o consumir
anda
dilacera o prazer da dor

oh, maldito, tua destruição foi justa como a de todos
e o teu homicida recebeu a recompensa que valia tua existência
mas foi castigado pela própria sombra que o consumiu
teu delicioso sofrimento e teus gemidos silenciosos
glorioso momento de tua derrota

posso sentir
milhares de velas queimando
levando minh'alma para longe daqui

algo em mim está me dizendo para continuar
mas minha outra parte me diz para voltar

a lua está cheia
e eu posso sentir o vazio desta escuridão

está me dominando aos poucos
me trazendo lembranças de uma vida passada

Mas eu sei que este sentimento obscuro
esta me levando para longe daqui
eu fui enterrado

a cada dia que passa
morro um pouco mais
o meu paraíso transformou-se neste inferno
e meus grandes sonhos deixaram de fazer sentido

eu apenas quero ser esquecido novamente
e ainda sinto que algo está me esperando
para que eu posso voltar ao meu verdadeiro lugar

neste tempo perdido no espaço
nesta vida enterrada com a morte



- Postado por: †Anjo Gótico† às 14h18
[ ] [ envie esta mensagem ]





Seu Anjo

Assim como a chuva alimenta os oceanos
E o sol aquece a terra.
Seu desejo alimenta meu corpo
E seu coração aquece meu coração.

Algumas vezes, enquanto sonho.
ouço sua voz sussurrar ao meu ouvido.
guiando-me por onde devo ir e o que evitar.
E esta sensação é tão boa
que eu me recuso a despertar.
Porque quando abro os meus olhos
não te vejo, e me sinto perdido em mim mesmo.

Noutras vezes, sinto o cálido toque
de suas mãos sobre as minhas
chego a sentir seu coração
pulsando junto ao meu.
Me encontrei em você.

Vejo em seu olhar o meu caminho.
mas todas estas lembranças
de sentimento e de medo
pertencem ao meu mundo
o seu amor a me mata
e me ressuscita .

Sou o seu Anjo.
Estou sempre com você


Onde tu não existes, eu não existo.
Estás tão próximo que a tua.
 mão no meu peito, é a minha mão.
Tão próximo que quando fechas  os olhos, eu adormeço.
Quando tu me chamas eu vou,
 pois a ti eu não resisto.
Hoje a noite já não é tão sombria,
tão vazia.
Pois sei que nunca mais estarei sozinha.
Porque tu és o Anjo que me vigia.
Pois tu és aquele que me guia.
Daria tudo neste mundo para te ver.
A minha vida daria para te puder tocar.
Mas minha vida nenhum valor tem.
Se ao teu lado não puder ficar.
Quando tu choras, eu choro.
Mas estás tão longe de mim.
Que temo nunca te puder ver.
Que temo um dia te perder…



- Postado por: †Anjo Gótico† às 08h37
[ ] [ envie esta mensagem ]





Sem medo de revelar o teu medo.

Olhando no olho, o espelho da alma.

Digo: meu desejo é louco

Ao explodir sensações

Esquecer certo e errado

Fluir  medo e desejo contido na alma

Ou me perder entre noites

Permitir-me, não temer...

Amar e sofrer...

Penetrar nesse olhar sombrio

E mergulhar no tu medo

Com um toque de um anjo triste.

Mãos leves e frias, beijos sangrentos e quentes.

Eu não sei onde começa o meu amor

E onde termina o meu ódio.

Meu fim, meu começo.

As vezes você é tão fria, tão singela.



- Postado por: †Anjo Gótico† às 11h19
[ ] [ envie esta mensagem ]






 

Um dia, quando chegares a tristeza
envadir seu descanso,
não mudes teu meigo gesto,
tímido e manso...
Não chores nem lamentes...
Sorria e medita somente.
Não te preocupes com as flores,
lembra só do seu perfume...
Não me odeies nem blasfemes,
nem sinta ciúme...
Numa perda, uma fria é úmida
algo haverá, por certo escrito.
Ore apenas,
solitária na saudade,
não leias nada...
Não fale apenas sinta...
Não pense somente deseje...
Pense apenas no que fomos 
Eu te juro, que onde quer eu esteja,
tudo ouvirei.
e Sentirei sua mão suave
esmagando meu coração...
e suas palavras cortando minha alma...
e seus passos sobre os meus sonhos...
suas promessas sobre o meu sentimento...
Você uma alma linda e mortal...



- Postado por: †Anjo Gótico† às 07h37
[ ] [ envie esta mensagem ]





Conheci um pouco mais de mim
fiquei com tanto medo.
Uma solidão enorme me envolvia
A dor que sentia era tão grande
que me dividia meu coração.
Nao me vejo, somente me sinto
e minhas palavras refletem o meu
carater.
Meu coração agora negro.
Pulsante,
sentimentos se esvaindo, meu
sangue me alimenta de não querer
mais viver.
Me senti assim quando olhei pra
dentro de mim.

O mundo não é perigoso
por causa das pessoas que
fazem o mal.
O mundo é perigoso por
causa das pessoas que
veem o mal acontecer e
não fazem nada...



- Postado por: †Anjo Gótico† às 10h43
[ ] [ envie esta mensagem ]





Seja o que for depois da morte, tenha certeza que será eterno!!!



- Postado por: †Anjo Gótico† às 15h24
[ ] [ envie esta mensagem ]





A morte não é a pior perda
da vida.
A pior perda da vida é morrer
em nos enquanto ainda vivos...



- Postado por: †Gotico† às 13h21
[ ] [ envie esta mensagem ]





Olho para dentro de mim, nada mais vejo
do que medo e solidão.
Não me vejo no espelho,
não ouço meus gritos, pedindo socorro
em uma noite firia e cheia de dor
meu coração e tao pequeno e ja
não suporta mais essa Mentira.
E meu corpo pede descanso.
Quem vai ouvir a minha voz?
Quem vai enchugar as minhas lagrimas?

E essa tristeza, fria que sinto ao te
abraçar, e o gosto de sangue na minha
boca...
Hoje um sol, mas quem sabe averá duas
manhãs...
Meu coração sempre constante, pulsando
medo e sentimento.
Você meu anjo, minha destruição...

Sussurro

Não me olhou
Não me deu a honra do seu perdão
Não me apontou o caminho
Da salvação

Não morou em meu peito
Esqueceu a vontade
Recusou minha ternura
Negou a realidade

Não viu que me feriu
Não percebeu que me cortou
Não notou a morte
Me afastou

Infeliz o momento que fechou os olhos
Flutuou, levou me embora
Cortou minhas asas
Me fez despencar

Não me sentiu
Não me beijou
Não me mostrou a verdade
Não me aceitou

Sussurrou..
Em meu ouvido,
bem baixinho:
"Não te quero mais"



- Postado por: †Gotico† às 12h35
[ ] [ envie esta mensagem ]





 

Meu coração e frio e sozinho
quando te beijo sinto um
gosto de sangue em sua boca
e vejo medo e amor em seus olhos
você me tem em suas maos, você
anda sobre meus sonhos e se
alimenta dos meus desejos
me mata todos os dias e eu nem
me dou conta disso...
seu abraço, meu refugio me matas
e me escondo em você...



- Postado por: †Gotico† às 08h54
[ ] [ envie esta mensagem ]





Perfil:

†Anjo Gotico†

MSN - E-MAIL:

gotico_gotico@hotmail.com

 

 

 

Design by †Anjo Gotico†